Em sintonia digital
Banco Inter reforça estratégia no mundo virtual com adoção de bot no atendimento 15/05/2019 12:04
» Guilherme Ximenes
Com dois milhões de clientes e o crescimento sustentável, o Banco Inter colocou em pauta a necessidade de atender um alto volume de contatos, sem que a quantidade de operadores crescesse no mesmo ritmo. Oferecendo serviços 100% digitais, a instituição não pensou duas vezes ao avaliar o uso de bots. "Entendemos que utilizar a tecnologia a nosso favor é uma grande estratégia para prestar um atendimento ágil e de qualidade para os nossos clientes", pontua Guilherme Ximenes, diretor de Tecnologia da Informação do Banco Inter.

Alinhada à proposta de inovação, a instituição adotou, em dezembro de 2018, uma assistente virtual batizada como Babi, habilitada para realizar atendimentos de 1º nível, com objetivo de trazer mais inovação, qualidade, praticidade e agilidade ao relacionamento, melhorando a experiência dos clientes. "Ter um bot de atendimento, além da equipe humana, é o caminho mais natural para um banco escolhido por mais de 1 milhão de clientes, justamente por oferecer serviços 100% digitais. Percebemos que a Babi veio pra somar o nosso time de atendimento, diminuindo o tempo de resposta e auxiliando os nossos clientes", destaca o executivo, acrescentando que ela tem capacidade de realizar o trabalho de aproximadamente 35 operadores humanos.

Para chegar a isso, Ximenes revela que, primeiro, se procurou entender como o cliente entra em contato com o banco, qual era o seu comportamento e os principais assuntos questionados nos canais de atendimento. Com isso, foi configurado e ajustado todo o conteúdo. "É fundamental mapear e adaptar o comportamento dos nossos clientes ao conteúdo gerado, fazendo com que o nosso bot tenha conhecimento e entenda de todas as demandas e possíveis dúvidas." Além disso, antes do lançamento, a Babi ainda foi disponibilizada para que outras áreas e colaboradores realizassem testes internos, acrescentando informações ou novas sugestões. Hoje, isso ainda acontece por meio de uma equipe responsável por treiná-la, com o objetivo de otimizar e aprimorar a experiência dos clientes.

Disponível nos canais por chat (app, Internet Banking e Central de Ajuda), Babi tem a responsabilidade de identificar o assunto a ser tratado durante a conversa. Se for alguma explicação geral, a assistente virtual trata de responder, mas, se for necessário algo personalizado, passa para o atendimento humano. "É importante compreender até onde podemos utilizar a tecnologia para a resolução de dúvidas e problemas e onde é necessário um atendimento personalizado, realizado por um operador humano. Por isso, cada caso é analisado e sempre que necessário o atendimento é prestado por um de nossos operadores." Com isso, os operadores ficam focados em resolver problemas que necessariamente demandam mais esforços. Mesmo assim, por mais que se trate de um bot, o objetivo do banco vem sendo deixá-lo cada vez mais humanizado.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

TMKT  URANET  PROVIDER  VIDAX  CSU  TELEPERFORMANCE  AVAYA  VIKSTAR  ATENTO  CALLINK  VAGAS  SITEL  TIVIT  RANKING  TELLUS  AEC  ALMAVIVA  CALL CENTER  CONTAX  NICE 
 
https://www.callcenter.inf.br/