Qual a sua dúvida?
Netshoes amplia capacidade produtiva e agiliza atendimento com uso de assistente virtual no chat 16/10/2013 07:05
» Juliana Pires
Uma das principais premissas da Netshoes é ser o mais inovador serviço de e-commerce de material esportivo e de lazer. Outra é oferecer o melhor atendimento ao cliente. Foi juntando esses dois focos que ela implementou há quase um ano um sistema de assistente virtual conectado ao chat. E a estratégia vem dando bons resultados. Atualmente, 53% da demanda recebida é atendida pelo sistema. Segundo Juliana Pires, gerente geral da central de relacionamento da Netshoes, o assistente virtual permitiu a ampliação da capacidade de entrega aos clientes e esclarecimento mais rápido das dúvidas. "Internamente, isso significa que trouxemos inteligência e otimizamos a central de relacionamento que não precisa crescer em número de colaboradores na mesma proporção das vendas para suportar o crescimento da loja virtual", comenta a executiva.

De maneira simples e intuitiva, o cliente aciona o canal de atendimento e digita a dúvida e o sistema traz a resposta ao questionamento inicial e lista outras perguntas/ respostas relacionadas à dúvida. Como possui uma rede neural artificial, o sistema aprende diante das perguntas feitas e com a assertividade das respostas. Com isso, há maior índice de acerto. Há mais de 5 mil perguntas cadastradas e com variações de palavras podem chegar até 15 mil. "A ferramenta também está conectada aos sistemas de todos os serviços oferecidos pela Netshoes e pode acessar informações referentes ao cliente pelo número de seu pedido, por exemplo", completa Juliana.

O sistema de atendimento virtual demandou quatro meses para implantação e contou com o mapeamento e criação de uma base de dados diante do histórico das dúvidas já existentes dos consumidores. Para continuar evoluindo, há ainda uma equipe em que uma de suas funções é checar as dúvidas frequentes, a efetividade das perguntas e respostas e até mesmo inserir novos questionamentos dos clientes no sistema. "O desafio em adotar esse tipo de tecnologia é disponibilizar pessoas da sua equipe para manter a base de conhecimento atualizada. O sistema é inteligente, mas é necessário trazer estratégia para essa ferramenta e acompanhar diariamente as perguntas não encontradas para serem implementadas à base", revela Juliana. O próximo passo, segundo a gerente, é a implantação de assistente virtual no atendimento telefônico, possivelmente em 2014.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

URANET  CALLINK  VIDAX  VIKSTAR  VAGAS  ATENTO  RANKING  CALL CENTER  AEC  AVAYA  FLEX  ALGAR  ALMAVIVA  DNK  CSU  SITEL  CONTAX  TIVIT  TELEPERFORMANCE  NICE 
 
https://www.callcenter.inf.br/