Algar irá construir bairro estruturado
Localizado em Uberlândia, empreendimento agrega unidades residenciais e comerciais 02/09/2013 02:03
Com a proposta de ser um "bairro com cara de bairro" que agrega o conceito de morar, viver e trabalhar, o grupo Algar deu início à construção do bairro estruturado Granja Marileusa, em Uberlândia (MG). A primeira fase do empreendimento, que será desenvolvida nos próximos três anos, conta com uma área aproximada de 750 mil m2, a qual terá capacidade para acomodar, aproximadamente, 5.6 mil habitantes residentes e 8 mil flutuantes, em um total de 1,5 mil unidades residenciais, entre casas e apartamentos, em um loteamento de 405 mil m2.

O projeto foi planejado dentro do conceito de cidades inteligentes, com a capacidade de receber transporte público de qualidade, construção de bicicletários e ciclovias ao longo das vias, prover acessibilidade para pessoas com necessidades especiais, fornecimento de energia elétrica subterrânea, por meio de duas linhas simultâneas e religadores e transformadores automáticos. O projeto compreende ainda ultra banda larga para os moradores com capacidade para atender as empresas conforme as necessidades de banda e contingências, wifi gratuita em áreas a céu aberto, segurança reforçada por um sistema de câmeras, pisos permeáveis e área verde, como praças e parques.

Reunindo um time de urbanistas, planejadores e profissionais especializados, o bairro Granja Marileusa nasce do sonho do Comendador Alexandrino Garcia de devolver a Uberlândia toda a generosidade com que a família foi acolhida quando aqui chegou. "Este é um sonho do meu pai. Será o legado do grupo Algar para Uberlândia. Fomos acolhidos com muito carinho e queremos retribuir da mesma forma. Acreditamos que é no espaço da rua, o lugar por excelência do encontro, que a vida acontece, e que temos que recuperar a confiança no encontro e na convivência. É com essa essência e com esse princípio que nasce o Projeto Granja Marileusa", ressalta Luiz Alberto Garcia, presidente do Conselho de Administração do grupo Algar.

Para Luiz Alexandre Garcia, CEO do grupo Algar, a empresa assume o desafio de planejar e construir um bairro diferente, um bairro onde o centro é o convívio das pessoas e os edifícios e equipamentos estão a serviço da escala humana e da qualidade de vida em comunidade. "Criar as condições urbanísticas para o aparecimento de uma nova comunidade, mais compacta, completa e equilibrada em relação às necessidades da vida urbana cotidiana, valorizando os espaços públicos para que estes não sejam apenas espaços para a passagem de veículos, mas, principalmente, espaços onde as pessoas queiram estar, relaxar, encontrar outras pessoas, conhecidas ou não, e que tenham os mesmos propósitos em relação à comunidade onde moram, trabalham, estudam e se divertem", afirma.

GRANJA MARILEUSA O QUE SERÁ EM TRÊS ANOS
Área total: 750 mil m2
Loteamento residencial: 405 mil m2 
Unidades residenciais: 1500 unidades
Área Bruta Locável: 20 mil m2 (centro comercial)
Postos de trabalho: capacidade para 4 mil postos
Áreas de escritórios: 36 mil m²
Valor do Investimento: 85 milhões
Volume de Negócios: 700 milhões

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

AEC  CALLINK  SITEL  VIDAX  TELLUS  TELEPERFORMANCE  CALL CENTER  PROVIDER  TIVIT  VIKSTAR  ALMAVIVA  CONTAX  ATENTO  URANET  RANKING  NICE  TMKT  VAGAS  AVAYA  CSU 
 
https://www.callcenter.inf.br/