A prioridade mudou
RH deve olhar para dentro da empresa e estudar como momento se reflete nos colaboradores 28/08/2015 04:05
» Soraia Lemos
Depois de passar por um período de bons resultados, o Brasil vem desde o ano enfrentando uma fase crítica, deixando muita gente preocupada. Inseguros com o seu futuro, muitos colaboradores acabam perdendo o foco, o que pode atrapalhar de forma considerável na produtividade. Diante do quadro de dificuldade que o Brasil passa, a gerente executiva de RH da AeC, Soraia Lemos, comenta que não se pode fazer um tratamento em massa com os colaboradores. "As pessoas reagem de formas diferentes nestes momentos e precisamos manter o foco no individuo e acompanhar como cada um está conseguindo atuar", comenta.

A executiva explica que as pessoas são diferentes. Ou seja, não é todo mundo que em um momento de pressão consegue canalizar a energia para virar o jogo. Tem gente que se sente desafiado diante desse cenário, mas muitas pessoas têm dificuldades. "Antes o nosso desafio era como contratar e fidelizar nosso colaborador, agora é o momento de olhar para dentro e estudar como esse momento está refletindo em cada uma das nossas pessoas. Essa é a prioridade", revela Soraia, acrescentando que, em uma empresa como a AeC, em que a matéria prima é gente, é fundamental cuidar do maior patrimônio.

Ela reforça ainda que essa é a hora da área efetivamente apoiar quem está na linha de frente fazendo a gestão com as equipes. O papel fundamental do RH nesse momento é ser o guardião para orientar os líderes. "Nós somos a soma das experiências que vivemos e existe uma geração que ainda não viveu ou não passou por nada parecido." Seguindo nessa linha, a gerente afirma que a importância do papel do líder cresce nesse momento, já que ele é o porta-voz da cultura, dos valores e dos objetivos da organização. A forma como ele vai tratar o outro, envolver e cuidar do outro é fundamental. "Ele é um ator essencial nesse processo e é quem entende e sabe o que precisa ser feito para enfrentar as turbulências do momento", pontua.

Para enfrentar esse período, Soraia conta ainda que AeC está atuando fortemente em dois de seus Princípios Inegociáveis. O primeiro é "Somos corajosos o suficiente para mudarmos quando necessário". "Sem dúvida, esse momento está exigindo mudanças, e o RH entra auxiliando para que todo planejamento estratégico seja realizado com muita maturidade e respeito em toda cadeia de atuação, ou seja,para nossos colaboradores, clientes e fornecedores", explica. Já o outro, "Acreditamos na colaboração mútua dos nossos grupos", acontece por meio do mapeamento das lideranças e suas competências, permitindo garantir a plena execução da atuação colaborativa. "Esse projeto, MDG - Mapeamento e Desenvolvimento de Gente, já está implantado na empresa a quatro anos e estamos colhendo os frutos desse trabalho desde a implantação.Porém, neste momento ele está sendo fundamental", conta.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

TELLUS  RANKING  VAGAS  CALLINK  URANET  TMKT  CSU  VIKSTAR  SITEL  AEC  CALL CENTER  VIDAX  ALMAVIVA  FLEX  CONTAX  TELEPERFORMANCE  ATENTO  NICE  AVAYA  TIVIT 
 
https://www.callcenter.inf.br/