Cooperação mútua
Gestão horizontal rompe com modelo clássico de pirâmide hierárquica, ampliando a colaboração 05/12/2014 02:19
» Américo Predebon
Ao romper com os paradigmas da organização convencional, em forma de pirâmide, a gestão horizontal traz algumas vantagens para as empresas. Ela pode, por exemplo, acelerar o processo de tomada de decisão da gerência, já que muitas vezes ter mais níveis hierárquicos significa que obter a aprovação de mais pessoas. Além disso, os colaboradores podem atingir maior satisfação devido a liberdade e autonomia. Há ainda a redução de custos, pois as organizações horizontais contam com menos cargos de gerência. "A tendência é de que aumentem os níveis de cooperação em toda a organização. A ausência de múltiplas camadas estruturais fornece processos simplificados de comunicação e de informação, tornando a organização mais ágil e adaptável à mudança", detalha Américo Predebon, diretor comercial da Qualitin. Em entrevista ao portal Callcenter.inf.br, o executivo explica melhor o conceito de gestão horizontal, aponta sua importância e destaca os cuidados que se deve ter para ter como retorno as vantagens colocadas acima.

Callcenter.inf.br - O que é a gestão horizontal?
Predebon: É uma gestão entre pares, em que cada um se torna responsável por um departamento da empresa e demonstra seu desempenho aos demais por meio de indicadores que mostram - de fato - como sua área está. Essa visão é moderna e permite que os funcionários desenvolvam projetos em colaboração com demais, com autonomia para definir horários e metas. Na gestão horizontal os níveis hierárquicos existentes na empresa são reduzidos. A organização horizontal rompe com paradigmas da organização convencional, em forma de pirâmide.

Qual a importância disso?
A gestão horizontal rompe com o modelo clássico de hierarquia, democratiza decisões e garante a interação entre funcionários de organizações, leva a relações de trabalho produtivas e boa comunicação em geral. As organizações com estrutura horizontal contam com uma operacionalidade mais flexível, produtiva e ágil o suficiente para atender às rápidas mudanças que se desenvolvem continuamente nos mercados. Mas, para que dê resultado é preciso que as metas, definidas em conjunto, sejam monitoradas por meio de indicadores claros, dessa forma cada um poderá medir seu desempenho e buscar o melhor.

Quais cuidados que se deve ter?
 O fundamental é que se adote os indicadores mais representativos, os que, de fato, servirão para avaliar o desempenho de cada área. Quem não mede não gerencia. É importante lembrar que esse é um recurso básico para avaliação de performance, pois, a partir da medição é possível avaliar o planejamento, corrigir rotas e redefinir parâmetros. É parte, pois, do processo de gestão e imprescindível ferramenta administrativa. É a velha visão: o que não se mede não pode ser melhorado. Na organização vertical, as pessoas são avaliadas pelo seu desempenho funcional individual, enquanto que, na organização horizontal, o que conta é o resultado final do processo.

Ela é indicada para empresas de qualquer porte e segmento?
Depende. Pode ser um modelo ideal para pequenas empresas. As grandes precisam valer-se de certa hierarquia, mas o princípio de gestão horizontal, em que se estimula a participação de todos é essencial para engajar os funcionários a entregarem melhores resultados.

Essa prática já está bem difundida?
Empresas que dependem da criatividade de seus funcionários para entregarem um melhor produto adotam a gestão horizontal, tais como agências de publicidade, empresas de TI, etc. Mas aquelas mais antigas, de estrutura familiar com produtos tradicionais, mostram-se mais reticentes em adotar esse tipo de gestão. Pode-se dizer que, na prática a gestão horizontal, apesar de conhecida, não é tão difundida dentre as empresas.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

CALL CENTER  AVAYA  VIDAX  ATENTO  CSU  NICE  VIKSTAR  ALMAVIVA  DNK  TIVIT  VAGAS  TELEPERFORMANCE  SITEL  CALLINK  ALGAR  CONTAX  AEC  RANKING  FLEX  URANET 
 
https://www.callcenter.inf.br/