Resposta ao consumidor
Alldesk vê protagonismo do cliente como fator de amadurecimento do mercado esse ano 18/12/2018 12:07
» Venâncio Freitas
Felizmente, para todos envolvidos - consumidores, empresas, fornecedores -, o mercado de gestão de cliente vive em constante evolução. Esse ano não foi diferente. Com o mercado avançando ainda mais nas estratégias para oferecer uma melhor experiência ao cliente final. Na avaliação de Venâncio Freitas, CEO da Alldesk, o mercado amadureceu esse ano, com as empresas enxergando a necessidade de se aproximarem cada vez mais dos clientes, buscando se antecipar em relação às suas reais necessidades. "E esse movimento só é possível quando você faz uma boa gestão de relacionamento com o cliente, entendendo e executando o que ele realmente espera", completa o executivo que também comanda a Meireles e Freitas Cobrança Digital, a Meireles e Freitas Advogados Associados e a Scio Solutions. 

Isso permitiu ao Grupo crescer cerca de 25% esse ano, motivado por novas operações e o aprimoramento no relacionamento das operações que já tinha. "Esse ano foi repleto de bons acontecimentos, as empresas ganharam novas operações, obtendo também maior reconhecimento do mercado por meio dos diversos prêmios que foram conquistados. Vejo o ano como de transição, de passagem, um ano importante que conseguimos superar", comemora. Em entrevista exclusiva, Freitas fala sobre esse momento do Grupo e destaca os principais acontecimento do mercado esse ano.

Callcenter.inf.br - Quais os principais fatos que marcaram o setor esse ano?
Freitas: Foi marcado por um trabalho muito forte de aceleração do uso da omnicanalidade. Então, hoje, o omnichannel e o digital já são realidade e estão ocupando cada vez mais espaço no mercado de relacionamento com o cliente, tornando as operações mais híbridas e aliando o modelo tradicional ao digital. Essa foi a ação que, ao meu ver, trouxe um maior desenvolvimento e aperfeiçoamento do setor. Embora o digital, sozinho, ainda não consiga resolver todos os problemas que precisam ser solucionados, é necessário entender que também não podemos ficar no modelo antigo. Por isso, uma tendência para 2019 e para os anos seguintes é o aperfeiçoamento dessa transição do tradicional para o digital, mas mantendo forte as ações híbridas entre o tradicional e o digital.

Como foi 2018 para vocês?
Foi um ano marcado pelo protagonismo do consumidor e, a partir deste protagonismo, as nossas empresas investiram mais forte na gestão de clientes, o que tem-nos proporcionado feedbacks positivos, além de nos posicionar à frente de empresas que ainda não assumiram esse posicionamento. Vejo o ano como de transição, de passagem, um ano importante que conseguimos superar. Houve uma grande expectativa em relação ao futuro que tem se tornado cada vez mais digital, mas este foi um ano de grandes inovações e projetos, o que proporcionou a continuidade do crescimento dos anos anteriores. Dessa forma, buscamos cada vez mais amadurecer e nos profissionalizar em todos os nossos setores de atividades. Foi um ano que eu acredito ter sido muito positivo e que deixou uma estrutura muito bem montada para um crescimento mais sólido em 2019.

Quais foram os principais acontecimentos nesse ano?
Esse ano foi repleto de bons acontecimentos, as empresas ganharam novas operações, obtendo também maior reconhecimento do mercado por meio dos diversos prêmios que foram conquistados. Estamos entre as melhores empresas para trabalhar da América Latina, do Brasil, sendo a melhor do Ceará. Além disso, tivemos um fortalecimento muito forte com prêmios e um grande reconhecimento por parte dos clientes, figurando em vários rankings de clientes, inclusive como melhor prestadora de serviços. Isso fortaleceu as nossas práticas, as quais têm sempre as pessoas em primeiro lugar, aliando à otimização dos nossos processos e ao intenso uso de tecnologia.

Quanto de crescimento em relação ao ano anterior?
O crescimento de 2018 em relação ao ano de 2017 girou em torno de 25% e o que motivou esse resultado foram as novas operações que recebemos, além de um maior reconhecimento do mercado e o aprimoramento no relacionamento das operações que nós já tínhamos e procuramos dar uma maior produtividade, um maior resultado. Assim, tivemos tanto o crescimento das operações já existentes, como também nas que iniciaram.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

ALMAVIVA  CSU  TMKT  URANET  NICE  TELLUS  CALLINK  TELEPERFORMANCE  VIKSTAR  AEC  ATENTO  CALL CENTER  VAGAS  CONTAX  SITEL  FLEX  TIVIT  VIDAX  AVAYA  RANKING 
 
https://www.callcenter.inf.br/