Pronta para crescer
Diretor geral da Vikstar conta que empresa já preparou as bases para dar um salto esse ano 16/01/2013 12:58
» Renato Bufalo
O ano mudou. Porém, o desafio de reduzir a perda de rentabilidade com o aumento dos custos fixos e o achatamento nos preços imposto pelos contratantes permanece, segundo Renato Bufalo, diretor geral da Vikstar. Nesse cenário, ele vê a captação e retenção dos operadores como principal saída para alcançar o equilíbrio. "Na capital paulista - onde estamos situados - isso tem sido cada vez mais escasso, já que a mão-de-obra em busca de salários mais atrativos migra de setor a cada ano", explica.
 
Já trabalhando dentro dessa visão, a Vikstar espera dar um salto em 2013, mantendo a linha estratégica de crescimento. "Estamos apostando em crescimentos orgânicos, bem como a entrada de novos clientes, em especial do setor financeiro", conta Bufalo, em entrevista exclusiva ao portal Callcenter.inf.br. Para atender a demanda, a empresa irá inaugurar um site em maio, dando uma capacidade operacional de mais 1.200 posições. "Nossa expectativa para esse ano é mais que dobrar o faturamento alcançado de 2012, quando fechamos com faturamento estimado de R$ 73 milhões", adianta o diretor-geral.
 
Callcenter.inf.br - Quais devem ser as tendências esse ano?
Bufalo: Acreditamos que deva haver mais oportunidades de expansão de negócios para as empresas de pequeno porte, bem como migração das empresas para regiões fora da capital paulista, incluindo presença em outros estados. Essa é uma tendência tanto em função da busca de melhores indicadores operacionais, quanto dos incentivos fiscais nesses locais. Outro ponto é a incorporação de recursos tecnológicos com objetivo de ganhar eficiência e aumentar a produtividade operacional.
Essas necessidades surgem como uma forma de atenuar o crescente aumento de custos, protegendo o equilíbrio financeiro dos players, dado que o setor é visto não somente como uma estratégia de especialização do serviço, mas também de redução de custos para as empresas contratantes. E essa redução de custos esperada, causa um achatamento nos preços, que pressionam o setor a se reinventar constantemente.
 
Qual deve ser o grande desafio das empresas?
O desafio para 2013, assim como foi em 2012, é reduzir o impacto e perda de rentabilidade com o aumento dos custos fixos e o achatamento nos preços imposto pelos contratantes. E o ponto crucial para alcançar esse equilíbrio está na captação e retenção de recursos, que na capital paulista - onde estamos situados - tem sido cada vez mais escassa, já que a mão-de-obra em busca de salários mais atrativos migra de setor a cada ano.
E a migração dos call centers para outras praças, incluindo outros estados, é atrativa sob o ponto de vista de incentivo fiscal, porém o desafio é justamente encontrar uma praça com população suficiente para suprir o giro natural e devidamente capacitada para trabalhar em nosso setor. Muitas cidades possuem mão-de-obra capacitada, porém também contam com a presença maciça de empresas de outros setores com melhor remuneração, dificultando o recrutamento para call center.
 
E os planos da Vikstar para 2013?
O ano passado foi onde ocorreram profundas mudanças na empresa. Essas ações permearão nossa atuação em 2013, pois foram a base para as metas de crescimento estabelecidas para este ano e para alcançarmos o "Plano 5 em 5", que tem por objetivo figurar entre as cinco maiores e melhores empresas em cinco anos.
Nosso objetivo é não somente atuar de forma proativa para atingir aos resultados esperados, como ter nossa qualidade reconhecida, por meio da satisfação dos nossos clientes e conquista de algumas certificações que atestam a maturidade da empresa, como Probare e ISO 9001.
 
Qual a meta de crescimento?
Estamos apostando em crescimentos orgânicos - alguns até já vem acontecendo - bem como a entrada de novos clientes, em especial do setor financeiro. A Vikstar dará um salto em 2013, mantendo sua linha estratégica de crescimento e neste contexto, estamos trabalhando para a inauguração de um novo site em maio deste ano, o que nos dará uma capacidade operacional de mais 1.200 posições. Será um site com estrutura tecnológica de última geração, como já acontece no site atual. Nossa expectativa é mais que dobrar o faturamento alcançado de 2012, quando fechamos com faturamento estimado de R$ 73 milhões.
Comentários
30/08/2013Retificando a mensagem anterior por estar subentendida:
Renato, sua ausência fez falta na empresa.
Enviado por: Maria do Carmo
30/08/2013Para o Renato, uma estrofe da música de Chico Buarque de Holanda:
A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega Roda Viva
E carrega o destino prá lá...
Renato, você fez uma super falta na empresa!
Aposentei-me, tinha uma porção de coisas pendentes para resolver e pedi o desligamento da Vikstar.
Decidi voltar na ativa por uns tempos e agora ingressei na Tivit.
Saudades...
Enviado por: Maria do Carmo
03/03/2013A empresa Vikstar como um todo tem crescido muito e evoluido com o passar do tempo.
Quando eu me lembro de tudo que era desde quando comecei á uma ano e quatro meses,no grupo Suporte a Parceiros, que tudo era diferente do que é hoje,nem acredito que eu passei por tudo isso.Tivemos fases difíceis,mas graças a chegada de Rento Búfalo tudo mudou ,dirigindo a empresa como um cavaleiro que puxa seu cavalo pela rédea curta, para guiar o que estava desgovernado,me encheu de esperança e me deu forças a prosseguir.
Hoje estou feliz pois tem alguém que quer ver o operador crescer e principalmente ,preza pelo bem estar do mesmo ,e por isso eu estou satisfeita em estar na empresa Vikstar.
Enviado por: Jaqueline de Moura
21/01/2013Concordo com Renato Bufalo, esta é uma empresa que tem tudo para crescer em 2013.
Trabalho na Vikstar deste da época que não tinha piso na entrada era tudo de barro, vários produtos teve que ser implantado do zero, eu faço parte dessa historia.Hoje esta com instalação bem melhores, já tem piso, e diariamente vejo oportunidade de trabalho para os que vem de fora, e os que estão dentro sempre tem processos seletivos interno, é empresa pensa em crescer junto com o funcionário, o qualificando profissionalmente.
O que mais posso querer, trabalho bem perto de casa, é bem próximo da universidade onde estudo,faço o que gosto
sou Operador Suporte Técnico 3G Vivo.
Ser melhorar estragar!!
De jeito nenhum!!!
Para melhorar mesmo só tivesse uma oportunidade estagia ao lado Ceo da Vikstar.Ai seria a empresa perfeita...pelo menos pra mim....rsrs...
Enviado por: cristiano M.Silva

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

VIDAX  AVAYA  CALLINK  TELEPERFORMANCE  DNK  AEC  ALMAVIVA  FLEX  NICE  VAGAS  CONTAX  CSU  VIKSTAR  CALL CENTER  ALGAR  TIVIT  RANKING  ATENTO  URANET  SITEL 
 
https://www.callcenter.inf.br/