Crescimento mesmo com crise
De origem espanhola, Unitono não sentiu tanto os efeitos dos problemas econômicos da Europa 19/12/2012 07:14
» Marcelus Freschet
Apesar de ter sofrido impacto da crise na Europa por ser de origem espanhola, a Unitono deve fechar o ano com crescimento de 27 % com relação ao ano anterior. E a expectativa é de que em 2013 o resultado seja melhor ainda, segundo Marcelus Freschet, diretor comercial e de marketing, que prevê crescimento de 140 %. Esse ano também marcou oficialmente a mudança de nome da empresa, que antes se chamava Avanza. Em entrevista exclusiva ao portal Callcenter.inf.br, Freschet conta como foi o ano para a Unitono, além de apontar as principais mudanças do mercado.
 
Callcenter.inf.br - Que avaliação faz de 2012 para o mercado?
Freschet: Foi um ano de consolidações e movimentos importantes nas grandes empresas do nosso segmento que refletiram positivamente nas empresas de menor porte entrantes no mercado.
 
Quais os principais fatos que marcaram esse ano no setor?
Sem dúvida as movimentações de algumas telcos e teles, além da mudança acionária e de principais executivos nas líderes do setor.
 
Como foi 2012 para a Unitono?
Foi um ano muito disputado, pois ainda estamos nos consolidando no mercado e nos adaptando à realidade brasileira. Temos origem espanhola e a crise na Europa também nos impactou logicamente. Apesar disso, houve crescimento. Trouxemos novos clientes e iniciamos nosso novo site de 1000 PAs. Também recebemos o troféu ouro no Prêmio ABT, como empresa revelação.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

CSU  FLEX  NICE  TELEPERFORMANCE  VIKSTAR  CALLINK  URANET  RANKING  TIVIT  AEC  AVAYA  ALMAVIVA  ATENTO  ALGAR  SITEL  VIDAX  VAGAS  CONTAX  DNK  CALL CENTER 
 
https://www.callcenter.inf.br/