Vivo não precisará pagar multa ao Governo de SP
Juiz do trabalho defere limiar sobre multa por terceirização do call center 13/11/2018 12:03
O Governo do estado de São Paulo não poderá cobrar multas no valor de R$ 25 milhões aplicada à Telefônica (Vivo) por terceirização de call center operada com empresa especializada. É o que determinou liminar deferida pelo juiz do trabalho Eduardo Ranulssi, da 32ª vara de São Paulo. Ele considerou as alegações da companhia que tiveram como base a recente decisão proferida pelo STF que entendeu ser lícita a terceirização, inclusive em atividade-fim. O magistrado também determinou que o nome da companhia fosse suspenso do cadastro de dívida ativa. O Governo de São Paulo terá 20 dias para apresentar contestação. Uma audiência de julgamento foi marcada para o dia 21 de janeiro.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

VIKSTAR  SITEL  AEC  TMKT  TELEPERFORMANCE  CALLINK  AVAYA  FLEX  TIVIT  TELLUS  CSU  URANET  RANKING  VAGAS  VIDAX  ATENTO  ALMAVIVA  CALL CENTER  NICE  CONTAX 
 
https://www.callcenter.inf.br/