Desoneração em risco
Plenário aprova pedido de urgência para PL que prevê volta da contribuição sobre a folha de pagamento 23/03/2018 11:12
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite da última quarta-feira (21), por 342 votos a 46, o regime de urgência para o Projeto de Lei 8456/17, do Poder Executivo, que acaba com a desoneração da folha de pagamento para a maioria dos setores hoje beneficiados, segundo informações da Agência Câmara Notícias. Segundo o texto, voltam a contribuir sobre a folha as empresas dos ramos de tecnologia da informação, teleatendimento ("call center"), hoteleiro, comércio varejista e alguns segmentos industriais, como de vestuário, calçados e automóveis. Essas empresas voltarão a contribuir pela folha de pagamento, com alíquota de 20%, após 90 dias da publicação da futura lei.

O relator do projeto, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), defendeu o regime de urgência. "A proposta da desoneração da folha começou no governo da ex-presidente Dilma. Naquela época, esta Casa fez uma série de alterações e ampliou a desoneração para diversos setores", disse Silva. "Agora, o governo federal reenvia uma proposta e nós, na reanálise do assunto, optamos por manter a desoneração apenas em setores que mais empregam e em setores da indústria que enfrentam forte concorrência com o exterior", completou.

Já o deputado Celso Pansera (PT-RJ) afirmou que o fim da desoneração no meio do exercício financeiro das empresas pode gerar desemprego. "Se votarmos na semana que vem, vai para o Senado e, depois, ainda tem o período da sanção e a noventena [prazo de 90 dias para que a lei passe a valer]. Imagine milhares de empresas que terão que mudar o cálculo da folha de pagamento, no meio do exercício, para pagar os seus impostos", criticou.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

SITEL  ALMAVIVA  CALL CENTER  URANET  ATENTO  TELEPERFORMANCE  TMKT  CSU  AEC  VIDAX  AVAYA  NICE  RANKING  CONTAX  TIVIT  CALLINK  VAGAS  VIKSTAR  FLEX  TELLUS 
 
https://www.callcenter.inf.br/