Sharecare migra 50% da equipe para home office
Com anúncio de pandemia, plataforma amplia uso de solução de contact center na nuvem 25/03/2020 03:48
» Nicolas Toth
A Sharecare sempre teve como política incentivar os colaboradores a trabalharem em home office. Por isso, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou a pandemia do Coronavírus, a plataforma digital de saúde não pensou duas vezes e decidiu que precisava oferecer a possibilidade da equipe de atendimento trabalhar de casa. Umas das primeiras empresas a optar pelo novo programa da Nuveto, batizado "SOS Covid-19", ela agora conta com 50% dos profissionais de saúde, com eficiência, agilidade e cibersegurança em suas residências.

A Sharecare tem a filosofia de cuidar do bem-estar dos colaboradores e um dos benefícios mais valorizados hoje é a flexibilidade de horário e de local de trabalho. "Essa foi a razão inicial para contratarmos a Nuveto, mas agora com o anúncio da OMS da pandemia, vimos a oportunidade de expandir nosso contrato e, por consequência, atender às demandas dos órgãos governamentais de colocar o máximo dos funcionários em home office", afirma Nicolas Toth, presidente da Sharecare para a América Latina. 

Segundo Toth, no total são cerca de 270 profissionais que se intercalam para comparecerem ao escritório durante a semana. Desde segunda-feira (16 de março), metade dos especialistas da área de saúde trabalham on-line em suas residências todos os dias. "A plataforma de contact center na nuvem permite que os colaboradores estejam conectados por softphone e também garante o registro de frequência e presença", explica o presidente da Sharecare.

Luís Palermo, CEO da Nuveto, reforça dizendo que o ambiente de contact center reúne muitas pessoas no mesmo espaço - muitas vezes de 500 a 1.000 pessoas em um turno, o que pode chegar a milhares de pessoas diariamente. "Esse é um setor que não pode parar de uma hora para outra, porque faz atendimento de clientes de operadoras de saúde, de telecomunicações e bancos, entre outros segmentos. Mas consegue migrar para uma operação home office em poucas horas, mantendo as condições adequadas de trabalho, em especial em um momento turbulento como o atual", destaca.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

TIVIT  RANKING  TELLUS  AEC  NICE  CSU  ATENTO  AVAYA  TMKT  ALMAVIVA  VIKSTAR  CALLINK  VAGAS  URANET  CONTAX  FLEX  CALL CENTER  SITEL  VIDAX  TELEPERFORMANCE 
 
https://www.callcenter.inf.br/