O olhar das startups para CX
Mais de 70% desse mercado não possuem estratégia formal de relacionamento com o cliente 16/07/2020 12:35
» Jeff Titterton
Mais de 70% dos fundadores e tomadores de decisão de startups informaram que não possuem uma estratégia formal de suporte ao cliente. Essa é uma das descobertas do The Startups CX Benchmark, relatório criado pela Zendesk, a partir da análise de mais de 4.400 empresas em estágio inicial ao redor do mundo. O documento mostra que, embora não exista uma abordagem única, as histórias de sucesso dentro do grupo analisado têm uma coisa em comum: a capacidade de fornecer um suporte mais holístico aos clientes desde o início. Sendo assim, muitas empresas estão perdendo a oportunidade de oferecer as experiências que os diferenciam de seus pares e promovem o sucesso comercial a longo prazo.

De acordo com o relatório, as startups de rápido crescimento - aquelas que dobraram a contagem de agentes de suporte ao cliente nos primeiros dois anos e têm 18 meses ou menos entre as rodadas de financiamento divulgadas publicamente - fazem investimentos maiores e mais rápidos em suas estratégias de CX. De fato, 33% dessas empresas têm mais probabilidade de adicionar suporte omnichannel ou multicanal nos dois primeiros anos. O resultado é de resoluções mais rápidas (de aproximadamente metade do tempo de espera dos clientes), melhor eficiência da equipe e mais opções para os clientes encontrarem o suporte que procuram, o que leva a um CX aprimorado.

O relatório identificou seis ações nas quais as empresas devem se concentrar para operar como uma startup de crescimento rápido nos primeiros dois anos, em ordem de prioridade:

1. Configure uma função de suporte ao cliente que priorize velocidade e conveniência para seus clientes e equipes de atendimento;
2. Adicione canais ao vivo, como telefone e chat, que são alternativas mais rápidas aos tickets via e-mail e web;
3. Abra canais de mensageria, como mídias sociais e WhatsApp, para alcançar clientes nos canais que eles usam no dia a dia;
4. Estabeleça uma central de ajuda ou Perguntas Frequentes que inclua pelo menos 30 artigos que respondam às perguntas mais comuns;
5. Introduza pelo menos um novo aplicativo ou integração à sua plataforma de suporte ao cliente a cada seis meses para aumentar a produtividade do agente de suporte e otimizar os fluxos de trabalho;
6. Mantenha entre três e oito horas os tempos de primeira resposta e de resolução do atendimento.

O relatório também indica que as startups de crescimento rápido direcionam mais recursos para autoatendimento e canais em tempo real, como telefone e chat, sendo que os unicórnios - empresas privadas avaliadas em mais de US$ 1 bilhão - são ainda mais ágeis na adoção dos canais de atendimento em tempo real. Os unicórnios também priorizam adicionar o autoatendimento, como centrais de ajuda, 61% mais rápido do que outras startups no primeiro ano.

"As startups que desejam se superar devem investir na construção de uma base sólida em experiência do cliente desde o início", disse Jeff Titterton, CMO da Zendesk. "Os clientes esperam mais das empresas, independentemente de tamanho, idade ou setor. Ter suporte ao cliente diferenciado pode ser a diferença entre deixar de escalar e se tornar uma startup de sucesso e crescimento rápido."

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

AEC  TELEPERFORMANCE  URANET  TIVIT  CALLINK  ALMAVIVA  CALL CENTER  ATENTO  VIKSTAR  VAGAS  FLEX  AVAYA  VIDAX  NICE  RANKING  TMKT  CONTAX  CSU  ALGAR  SITEL 
 
https://www.callcenter.inf.br/