Contratar ou não?
Com envelhecimento da população, RH desperta a atenção para os profissionais acima dos 40 anos, que trazem inúmeras vantagens para operação, entre elas comprometimento e conhecimento 20/04/2013 12:13
O setor de call center é um dos principais contratantes de jovens, ainda atrás de seu primeiro emprego. Isso deve continuar, até por conta das características da atividade. Porém, nos últimos anos outro perfil começou a despertar a atenção das áreas de recursos humanos das empresas: são os profissionais com mais de 40 anos. Não bastasse o envelhecimento da população, empresas que apostaram na contratação dessas pessoas já relatam resultados positivos e declaram que a tendência é a participação aumentar. "É uma tendência crescente, principalmente no mercado de contact center, significando uma quebra de paradigmas. Este segmento sempre foi caracterizado por um público jovem e em sua maioria no primeiro emprego. Mas temos observado um exponencial crescimento da procura destes profissionais, que assim podem regressar à vida laboral e sentirem-se produtivos", afirma Kelly Cortes, gerente nacional de desenvolvimento humano da Call Contact Center.
 
Estimativas do Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos, apontam que, de 2011 a 2013, esse público passou a representar 20% dos colaboradores do setor. "Como está faltando profissionais qualificados nesta área, a solução encontrada por muitas empresas é a contratação de colaboradores com esse perfil", conta Stan Braz, diretor presidente executivo do Sintelmark. Além disso, a busca por mais qualidade de vida têm reduzido natalidade e surge um panorama de mais longevidade, elevando a proporção de idosos. Dessa forma, o Brasil que era um país de jovens tem um futuro que aponta para a ampliação das outras faixas etárias. Como consequência, a diretora de Recursos Humanos da Datamétrica, Sandra Arraes, aponta que pensar nisso estrategicamente deve ser pauta das áreas de RH da empresas do setor, já que ele lida com grandes números de empregabilidade. Ela vê essa tendência não só como responsabilidade social e atualização na conjuntura populacional, mas também como uma feliz descoberta de perfil condizente com as metas de produtividade.
 
Isso porque esses profissionais demonstram comprometimento, responsabilidade e bons resultados, segundo a coordenadora de talentos humanos da empresa, Ana Flávia Pinto de Sousa. "Profissionais acima de 40 anos favorecem no relacionamento com a equipe demonstrando mais maturidade na gestão do dia a dia", acrescenta. Ela pontua ainda que a Algar Tecnologia registra um indicador de absenteísmo e turnover inferior aos demais associados. A especialista Janaína Cabral, supervisora de recrutamento e seleção da Allis, explica que esse público tem uma maior estabilidade e aderência na empresa porque se dedicam a oportunidade que lhes foi oferecida, diferente dos mais jovens que visam um crescimento profissional em curto prazo. No entanto, ela alerta que não basta apenas contratar profissionais com este perfil. "A empresa precisa estar preparada para recebê-los e treiná-los, visando uma adaptação mais tranquila para ambos os lados, bem como desenvolver estes colaboradores dentro de sua capacidade. É importante ressaltar que todo este processo deve levar em consideração suas peculiaridades", declara.
 
Na Call, onde tudo começo com um projeto piloto, em 2005, são cerca de 2.600 pessoas acima de 40 anos, o que representa 41% dos funcionários. "A experiência nos mostra que a admissão destas pessoas é vantajosa do ponto de vista financeiro e organizacional. Pois nos proporciona uma complementação de equipes jovens com as mais experientes, garantindo a eficiência no cumprimento dos indicadores e metas operacionais", comenta Kelly. Ela acrescenta que nos indicadores operacionais houve uma melhora com a admissão de profissionais acima de 40 anos. "Em sua maioria são pessoas que já têm família formada e buscam complemento de renda. Também um sentimento de pertencimento, sentirem-se úteis, retornando a vida profissional. Desta forma, quando encontram uma oportunidade de emprego ficam um tempo bom conosco, não tendo a mesma necessidade do jovem que é a de buscar outras experiências", detalha.
 
 
E para você, qual a principal vantagem na contratação desse profissional mais maduro? Deixe a sua opinião na enquete do portal Callcenter.inf.br.
 
 
Aproveite para ler as matérias exclusivas do especial:
 
Especialista da Allis detalha as vantagens de ter colaboradores acima dos 40 anos
 
 
Diante das inúmeras vantagens, Call já possui 41% de funcionários acima dos 40 anos
 
 
Com envelhecimento da população, RH deve pensar mais na contratação de pessoas maduras
 
 
Mercado vai atrás de profissionais maduros pelo comprometimento e bom relacionamento
 
 
Pessoas com mais de 40 anos já representam 20% dos colaboradores do setor
 
 
 
Comentários
20/04/2013Penso que profissionais acima de 40 anos exigem um trabalho diferenciado ou de aprimoramento quando chegam as empresas de Call Center,muitos ainda não tem familiaridade com o computador e daí a agilidade necessária do setor precisa de uma atenção nos primeiros meses. Por outro lado são profissionais que conseguem controlar o emocional e concordo com o texto que são comprometidos e estáveis.

Enviado por: Elisabete Ferreira Machado

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

TIVIT  NICE  ATENTO  AVAYA  CONTAX  CALL CENTER  DNK  CALLINK  SITEL  ALMAVIVA  TELEPERFORMANCE  VIDAX  URANET  AEC  VAGAS  VIKSTAR  CSU  ALGAR  RANKING  FLEX 
 
https://www.callcenter.inf.br/