A obrigação de estar nas redes sociais
Sitel aposta em novos canais de relacionamento para atender demanda do mercado 05/11/2010 03:24
» Marcelo Nishioka
A Sitel do Brasil tem grande experiência na gestão de projetos de call center. Para coletar opiniões, críticas e sugestões de seus clientes, a empresa possui um programa de acompanhamento dos clientes corporativos. Com ele os clientes são analisados e são observadas oportunidades de melhoria em prestações de serviço de call center, segundo Marcelo Nishioka, diretor comercial da Sitel. "Mas lidamos diariamente com vários canais de nossos clientes que estão a disposição dos consumidores para qualquer tipo de manifestação, opinião ou sugestão com ferramentas, processos e fluxos para o tratamento destas manifestações, com análises periódicas, dependendo da criticidade e do negócio de nossos clientes, das ações e resultados referente a este tratamento", declara.
 
Ele afirma que hoje é fundamental a presença das empresas nas redes sociais e a adequação na maneira de agir. "Não há, devido ao grande acesso e aderência de várias pessoas, como não dar importância de estabelecer um relacionamento ou realizar um atendimento por meio de comunidades ou redes virtuais. Para alguns dos segmentos, produtos e serviços de nossos clientes é um requisito muito importante, com um retorno de satisfação e interação muito grande", diz Nishioka.
 
O executivo dá um exemplo: "iniciamos o atendimento ao cliente através de rede sociais para um de nossos clientes, percebendo que os clientes estavam em fóruns de dúvidas sobre o manuseio dos produtos, e através destes primeiros contatos, sugerimos ao nosso cliente que iniciássemos o atendimento neste tipo de canal, que tornou-se um sucesso, já que o produto está relacionado a mobilidade e tecnologia". A implementação foi rápida e a resposta aos clientes foi direta e de grande repercussão, com uma grande satisfação do cliente.
 
O diretor considera a adaptação das empresas à web 2.0 uma questão de sobrevivência. "Com a crescente demanda ao acesso do canal de internet e uma cultura dinâmica, inovadora e informal será necessário as empresas se adaptarem a este ambiente. Adequarem-se na maneira de interagir, posicionar-se e na escolha de ferramentas e soluções para suportar este meio de comunicação, com os mesmos controles, níveis de informação e gerenciamento já adquirido nos outros meios".

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

CALLINK  VAGAS  VIKSTAR  ALMAVIVA  URANET  ATENTO  TMKT  TELLUS  AVAYA  CSU  VIDAX  TELEPERFORMANCE  RANKING  FLEX  AEC  SITEL  TIVIT  NICE  CONTAX  CALL CENTER 
 
https://www.callcenter.inf.br/