Callcenter.inf.br - O Nº 1 em Relacionamento com Clientes no Brasil Artigos Sua empresa está pronta para a Geração Z? As singularidades desses jovens exigem que as empresas se transformem
Autora: Carol Moreno

Conectados, inovadores, criativos, envolvidos com as questões de diversidade e preocupados com a sustentabilidade. Em contrapartida, ansiosos e avessos a hierarquias e a críticas. Já descobriu de quem estamos falando? Da Geração Z! Essa é a definição sociológica para as pessoas nascidas entre meados dos anos 1990 até o início do ano 2010. E se você não se encaixa na descrição anterior, provavelmente não nasceu nesta faixa, mas convive com alguém desta geração. Ou seja, não há escapatória!

Esses jovens com, em média, seus 20 e poucos anos, estão dominando o mercado de trabalho. Para a felicidade, mas também tristeza de alguns, pois nem todos conseguem enxergar esta geração com bons olhos. Eles são imediatistas, demandam as coisas ´para ontem´, são autônomos, têm facilidade de aprendizagem, e são apaixonados por desafios, mesmo sem estarem prontos. E essas singularidades exigiram que as empresas se adequassem e, mais, se transformassem para atraí-los. Mas, e a sua empresa, está pronta para atender os requisitos dos profissionais do futuro e, mais, sabe como conquistar estes talentos?

Os líderes de recursos humanos estão diante de um novo desafio: atrair uma geração de jovens que não estão focados na questão financeira. Afinal, para eles, essa é apenas uma consequência. Uma vez que eles não trabalham por salário, mas sim por propósitos, ou seja, a felicidade profissional desta turma está em encontrar uma empresa que se assemelhe culturalmente aos seus valores.

Outro ponto crucial é a flexibilidade, pois diferente dos seus antecessores, esses jovens não separam o trabalho do social e, por isso, precisam que haja um equilíbrio entre esses dois pontos da rotina, a profissional e a pessoal. Portanto, escolhem empresas que oferecem benefícios, como home office e horários flexíveis. Esses jovens querem um ambiente dinâmico para trabalhar, pois amam exercer os seus ofícios, mas com versatilidade. Então, para atrair este candidato em potencial, se questione ´o que eu posso oferecer que permite que ele fique mais em sua casa?´.

A Geração Z é socialmente conectada por meio das plataformas digitais, por isso, elas desempenham um importante papel na aquisição desses talentos. É primordial que a empresa converse com esses potenciais candidatos em sua língua, a digital. Então, abuse das mídias sociais, com postagens e, principalmente, conteúdos em vídeo!

Tenha em mente, sempre, estratégias digitais que viabilizem a candidatura, como as plataformas de recrutamento online que utilizam Inteligência Artificial. Aposte também em entrevistas pelo Skype ou até chamadas de vídeo no Whatsapp. Entretanto, durante esse processo, é importante que em algum momento tenha o olho no olho. Sim, os métodos estão mudando, mas é importante mantermos o contato humano, principalmente quando se trata de algo tão importante como um novo colaborador.

Então, você, líder de recursos humanos, tenha em mente que não tem mais ´by the book´, pois o que estava escrito neste livro, não funciona mais para os jovens de hoje. Para atraí-los, pense como eles, entenda as suas singularidades e peculiaridades geracionais, converse com eles na linguagem digital, troque a crítica pela curiosidade e, assim, tenha a receita de como ser irresistível para a GERAÇÃO Z!

Carol Moreno é coordenadora de Talent Acquisition na Engineering do Brasil.

A GRUBE & ASSOCIADOS NÃO SE RESPONSABILIZA PELOS ARTIGOS ASSINADOS E PERMITE A REPRODUÇÃO DOS TEXTOS PUBLICADOS DESDE QUE MENCIONADA A FONTE E COM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.

https://www.callcenter.inf.br/