Cinco dicas para novos gerentes
Habilidades profissionais que devem ser desenvolvidas para evoluir na carreira 06/02/2019 09:33
» Felipe Calbucci
Autor: Felipe Calbucci

Uma das conversas mais comuns que tenho com os melhores integrantes da minha equipe estão relacionadas à oportunidades de se tornar um gerente. É muito bom ser ambicioso, claro, e eu gosto de ver pessoas subindo degraus em suas carreiras. 

Mas gostaria de dar o seguinte conselho: as habilidades para se tornar um profissional de alto desempenho nem sempre são as mesmas que aquelas exigidas de um gerente excepcional. 

Isso é importante, porque maus gerentes podem espantar empregados. De acordo com a pesquisa Estado do Gerente Americano, da Gallup, 50% dos trabalhadores nos EUA deixaram seus empregos para fugir de seus gerentes.

Mas as coisas não precisam ser desse jeito. Um estudo feito pela West Monroe Partners mostra que 59% daqueles que gerenciam de 1 a 2 pessoas não receberam treinamento formal para a função. Entre os que comandam equipes de 3 a 5 integrantes, 41% disseram não ter sido treinados. 

Tenha recebido treinamento ou não, aqui vão algumas dicas que podem te fazer evoluir como gerente:

Olhe para a empresa desde uma perspectiva de liderança
Gerenciar pessoas é muito diferente de desempenhar papeis individuais. Pense no que você sabe sobre sua organização e liste quais perguntas sua equipe pode te fazer. 

Aprender mais sobre sua organização desde um ponto de vista de liderança vai ajudá-lo a responder essas perguntas e fazer recomendações bem informadas. Como seu time vai preencher essa funções respeitando as missões e os valores da empresa? Seu time pode servir de alguma maneira às outras partes da organização? Quais são as prioriedades mais urgentes da empresa?

Líderes experientes podem oferecer insights e um valioso conhecimento institucional. Informe ao seu gerente que você quer aprender. Marque encontros individuais ou sessões de discussão estratégica. 

Aja como um bom gerente
Novos gerentes se sentem examinados. As relações se tornam diferentes, por causa de sua nova posição de autoridade. Sua equipe está prestando atenção em você de um modo que não fazia antes, e seus comentários terão mais peso a partir de agora.

As aparências importam. Esteja consciente disso, porque sua equipe vai seguir suas orientações.

Alguns novos gerentes cometerão o erro de forçar a barra para ser amados de qualquer maneira. É compreensivel que você deseje isso, especialmente se estiver gerenciando pessoas que até pouco tempo atrás eram colegas do mesmo nível. Mas você não pode agradar todo mundo sempre. Prevenção e resolução de problemas e coaching são suas prioridades. 

Isso não significa que você não pode se divertir ou ser afetuoso e encorajador. Você precisa dar o tom e o exemplo. Construa sua credibilidade tratando os membros de sua equipe de maneira justa e igual. 

Seja aberto e transparente 
A pesquisa da Gallup mencionada anteriormente mostra que empregados não apresentam bom desempenho por três razões:

1. Expectativas pouco claras e desalinhadas
2. Feedback pouco efetivo e esparso
3. Práticas injustas de avaliação e responsabilização deslocada

Para começar na nova função com o pé direito, estabeleça a rotina de fazer reuniões individuais de monitoramento todas as semanas. Pense em deixar os funcionários executarem essas reuniões. Defina as expectativas em conjunto e enfatize as realizações em relação à atividade. Além disso, descreva como eles serão responsáveis pelos resultados.

Sua equipe dependerá de você para informá-los sobre o que está acontecendo na sua empresa. Agende reuniões coletivas para atualizar toda equipe sobre as novidades, incluindo assuntos discutidos nos encontros de gerentes. Inventive-os a fazer perguntas. Se você não sabe a resposta, deixe claro que você vai buscar esta informação e esclarecê-la.

Todo mundo quer se sentir ouvido. Quando você dá atenção ao seu time, isso mostra que você está ouvindo de verdade. Considere as soluções propostas por eles antes de oferecer conselhos. 

Delegue trabalho
Você pode estar acostumado a fazer todo o trabalho sozinho, mas parte dessa transição significa deixar os outros assumirem responsabilidades. Isso não é tão fácil quanto parece: uma área na qual eu continuo me esforçando para melhorar é a delegação de trabalho estratégica e sensata.

Então identifique tarefas e projetos que pode delegar a eles para que você possa focar em funções mais estratégicas em seu novo cargo.

Delegar para membros da equipe e dar orientações os ajuda a aprender e crescer. (E isso ajudará a mantê-lo são enquanto você se ajusta às suas maiores responsabilidades!)

Forneça feedback e aconselhamento construtivo, mas não faça microgerenciamento. De acordo com Dr. Jonathan Quick, da Harvard Medical School, ter um chefe dominador está relacionado com doenças coronárias, pressão alta, falta de sono, ganho de peso e ansiedade. 

Se você mostrar às pessoas que confia nelas, você vai desenvolver uma equipe leal - e talvez estimular o potencial de liderança de seu próprio time. 

Encontre um mentor
Ser um novo gerente pode dar o sensação de isolamento. Você está trabalhando para impressionar seu chefe e pode hesitar em mostrar que não conhece determinadas coisas. Um mentor sábio e imparcial pode te dar conselhos, relaxamento e esclarecimentos. 

Sua empresa pode oferecer um programa de mentoria formal do qual você pode participar. Senão, procure alguém que gerencie da maneira que você quer gerenciar. Ou você pode querer ligar para alguém que você respeita num antigo trabalho. 

Depois de encontrar um mentor, torne suas perguntas específicas e limite suas interações a consultas ocasionais e check-ins. Certifique-se de que você é grato por sua ajuda. Se você se encontrar para um café, por exemplo, você pode se oferecer para pagar a conta como um gesto de agradecimento. E não se esqueça de retribuir quando alguém lhe pedir sua mentoria nos próximos anos!

Resumindo
Aprender, delegar, comunicar e ser um exemplo digno para sua equipe virá naturalmente com o tempo. Ao se adaptar ao seu novo cargo, pegue leve consigo mesmo.

Se você não está um pouco nervoso, então você não está crescendo.

Sucesso em seu nova função!

Felipe Calbucci é country manager do Indeed no Brasil.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

ATENTO  TELEPERFORMANCE  VIDAX  SITEL  CSU  CALL CENTER  VIKSTAR  AVAYA  NICE  URANET  ALMAVIVA  PROVIDER  VAGAS  CALLINK  RANKING  TIVIT  TMKT  CONTAX  AEC  TELLUS 
 
https://www.callcenter.inf.br/