Liderança, a essência de uma organização
Uma liderança que aponta para um futuro de excelência deve focar no desenvolvimento da equipe 25/05/2017 08:39
» Reinaldo Frez
Autor: Reinaldo Frez

O que diferencia um líder dos demais ou uma liderança eficaz é a visão, ou seja, tudo começa com a visão, a visão de futuro. Um líder não vê a realidade como ela é, mas como, ela pode ser. Quem nessa vida não anseia por um futuro mais excelente? O líder é alguém que se destaca por suas promessas e perspectivas quanto ao futuro. Promessas de agregar valor a inúmeros quesitos das necessidades humanas. Em uma empresa, por exemplo, temos a promessa de salários melhores, de perspectiva de ascender em cargos melhores, e de se obter benefícios futuros. Na esfera pública também há promessas, e triste é, que na maioria das vezes, fica só na promessa, o líder político promete segurança, saudade e uma educação melhor para os filhos no intuito de lhes proporcionar melhores condições de trabalho comparado a realidade dos pais. Na família, como líderes que somos, prometemos segurança afetiva, cuidado e abrigo, expectativa do desenvolvimento de uma perspectiva quanto ao futuro de toda a família.

Sempre devemos liderar para um futuro de dias gloriosos, mesmo que o momento seja de êxito, sempre haverá espaço para o avanço evolutivo do ser humano, seja em qualquer área de sua existência.  Fica mais evidente este enunciado, de que liderança tenha a ver mais com o futuro, do que com o presente momento, quando esta realidade se apresenta insatisfatória, ou até mesmo caótica, urge aí a necessidade de um trabalho objetivando um futuro diferente.

Certa vez disse ao meu filho que existem três fontes de estímulo ao trabalho, a primeira seria a necessidade da nossa sobrevivência, temos que trabalhar para o sustento básico essencial. Após superar as necessidades básicas que temos como ser humano, surge uma segunda fonte de estímulo, vou chamá-la de vaidade. Onde queremos melhorar os móveis e utensílios de nossa casa, trocar o carro por um outro modelo, e até mesmo porque não uma casa maior e melhor, ainda que poderíamos viver confortavelmente e seguros quanto as que já temos.

Após passarmos por essa etapa, surge aqui a oportunidade de se descobrir uma terceira fonte de estímulo ao trabalho, que é a mais empolgante de todas, seria o senso de missão, onde descobrimos que o nosso talento e obra traz um enorme impacto na vida de outras pessoas. Surge aí, a vontade de estar produzindo, agora não mais motivados por instintos de sobrevivência ou qualquer tipo de vaidade, mas como alguém com um enorme senso de missão e de alta relevância, proporcionando o bem coletivo. É aí que os profissionais começam assumir de fato cargos que lhes exigem uma capacidade de liderança. Poderíamos dizer que é o nível da autorrealização. De acordo com o psicólogo humanista Abraham Maslow, nossas ações são motivadas a satisfazer certas necessidades.

Uma liderança eficaz é uma liderança de alto impacto, que mexe profundamente com o indivíduo liderado, levando-o a quebra de velhos paradigmas e preconceitos, que atrapalham seu desenvolvimento e sua produtividade dentro da organização. Todos sabem que somos contratados pelas nossas habilidades e competências, porém somos demitidos pelos nossos comportamentos. Uma liderança que aponta para um futuro de excelência deve estar focada no desenvolvimento de cada membro da equipe, trabalhando as disfunções comportamentais que ameaçam o futuro do grupo pois são os conflitos societários um dos maiores desafios de uma liderança.

Uma liderança de alto impacto e de alta performance se destaca pela capacidade que o líder tem de agregar valor às pessoas, daí podemos pensar na formação de uma equipe que embora inicialmente seja composta por membros de perfis insatisfatórios e medíocres tornariam -se no futuro uma equipe obstinada e altamente produtiva, pois a medida que agregamos valor ao ser humano, ele tende a responder de forma positiva em seu meio, resultando na agregação de valor da organização. Líder não nasce excelente, mas sim torna-se excelente e deve proporcionar isto também aos membro de sua equipe. Isso é possível quando com o líder traz em seu currículo uma capacidade natural de influenciar, persuadir, educar, treinar, corrigir, cativar e inspirar, levando a um desenvolvimento holístico.

A essência de uma liderança se resumiria na capacidade que um líder tem de treinar no seu liderado as emoções e desenvolver o seu caráter. Isto seria suficiente para ganhos a curto, médio e longo prazo e de resultados duradouros criando modelos e formatos sustentáveis de negócios e organizações.

A essência de qualquer equipe ou organização está na liderança pois tudo começa e tudo termina com ela. Tudo melhora quando um líde melhora, quando uma liderança melhora.

Reinaldo Frez é professor de ensino superior de Liderança e Gestão, empresário das áreas de varejo e esporte, consultor de empresas, coordenador do Congresso Alpha de Liderança, Inovação e Vendas e presidente do Santa Cruz Futebol Clube RJ. Foi diretor conselheiro da Associação de Supermercados do RJ ASSERJ.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin

Palavras mais procuradas

ATENTO  TIVIT  AVAYA  SITEL  RANKING  VAGAS  ALMAVIVA  CALLINK  AEC  TMKT  TELEPERFORMANCE  FLEX  URANET  VIKSTAR  TELLUS  CONTAX  NICE  CSU  VIDAX  CALL CENTER 
 
https://www.callcenter.inf.br/