Serviços em nuvem: ganhando em eficiência
Sistemas elevam velocidade de implementação e flexibilidade, além de reduzir custos 20/08/2012 07:39
Autor: José Roberto Aragão
 
Para entender o conceito em nuvem, que muitas vezes os técnicos colocam de forma complexa, podemos estabelecer uma analogia com terceirização. Se terceirizarmos a limpeza de um escritório sabemos que uma empresa especialista irá enviar funcionários, fornecer materiais de limpeza, verificar se estão trabalhando, limpar e ao fim só precisaremos pagar pelos serviços.
 
A opção em terceirizar normalmente é para concentrar os esforços no que você faz de fato (core business) deixando os trabalhos secundários para alguém com melhor experiência e ainda, em muitas vezes, conseguindo uma efetiva redução de custos.
 
Os avanços da internet e dos sistemas informáticos permitiram terceirizar trabalhos que eram impossíveis. Vamos relembrar o processo de tirar fotos. Até há poucos anos  era necessário comprar um rolo de filme, tirar as fotos, levar os rolos de filme para revelar e finalmente ter as fotos disponíveis em papel. Os avanços da tecnologia permitiram o aparecimento das máquinas digitais e armazenamento em forma de dados em uma memória,  mas ainda era necessário o trabalho de manipular os arquivos das fotos, transferir para um micro, gravar em um disco de segurança para não perder as imagens caso o micro quebrasse. Isso tornava o processo de tirar fotos digitais bem burocrático e nem todos tinham todas as habilidades para fazê-lo.
 
Em vez de passar  por esse processo, comprar um micro, discos para cópias e  perder um bom tempo, basta agora publicar em algum serviço de armazenagem de fotos em nuvem que fará tudo de forma melhor, mais segura e com maiores possibilidades.  Hoje, na maioria dos casos, o processo de publicar fotos na nuvem é transferindo-as da máquina para um micro e em seguida enviando-as via internet para um dos sites especializados como Flickr, para uma rede social como Facebook ou o Instagram, mas com o avanço dos smartphones e máquinas com conexão WiFi o processo de publicação das fotos é ainda mais facilitado. Você acaba de tirar uma foto e já pode publicá-la diretamente com um simples comando, ficando disponível onde você desejar.
 
A união da tecnologia digital e internet permitiram então eliminar o filme, o processo de revelação, o armazenamento, cópias de segurança e até mesmo o ato de mostrar pessoalmente suas fotos. Você agora pode terceirizar tudo isso em uma empresa digital que se comunica com você via Internet. A isto se dá o nome de "serviço em nuvem" em analogia que uma nuvem seria algo intangível, existe, mas não se vê e nem está presente fisicamente.  O que ocorre de fato é uma mudança dos equipamentos e sistemas antes fisicamente perto de você para outros em locais  remotos, melhores e com pessoal especializado, permitindo maior segurança e facilidades.
 
Essa mudança permitiu reduzir suas despesas e ganhar mais tempo para se aperfeiçoar e dedicar no que só você deve se concentrar que é tirar as fotos.
 
Serviços em nuvem também se abrem para as empresas, além de migrar os servidores e sistemas informáticos para serviços em nuvem temos várias outras possibilidades que ainda são pouco utilizadas, mas irão crescer fortemente nos próximos meses como, sistema contábil em nuvem, CRM, armazenamento de documentos, centrais telefônicas e até mesmo SACs e outros atendimentos ao cliente.
 
Uma empresa pequena ou média não precisa mais contratar linhas telefônicas, comprar um PABX, chamar um técnico, instalar cabos telefônicos e pagar manutenção, basta contratar um serviço de PABX virtual e ter telefones digitais (VoIP) ligados na internet. Tudo passa a ser gerenciado por uma tela web com todas as vantagens de PABXs convencionais sofisticados e outras que somente o serviço em nuvem oferece.
 
Para empresas maiores também existem outras possibilidades como sistemas telefônicos para atendimento virtual, envios de alertas,  informes ou cobrança. Em vez de contratar linhas telefônicas, comprar equipamentos caros, contratar técnicos especializados, manter softwares que gerenciam e mantem o sistema atualizado,  basta contratar um serviço em nuvem  de mensagens e atendimento virtual. Através de telas web é possível alocar centenas de linhas telefônicas, criar mensagens de áudio usando ferramentas de texto para fala (TTS), enviar as base de dados dos destinos, programar os horários de envio e acompanhar tudo online, com resultados imediatos inclusive ouvindo as gravações dos atendimentos.
 
Sistemas em nuvem para empresas permitem uma maior eficiência nos processos, maior velocidade de implementação, flexibilidade, redução da necessidade de capital para investimentos,  redução de pessoal, redução de custos,  atualização permanente, e consequentemente  ser mais competitivo por utilizar tecnologias antes  restritas apenas em grandes corporações.
 
Basta uma consulta na internet para encontrar um fornecedor, se cadastrar via web e começar a usar. Não há como fugir, precisamos então entrar nessa nuvem e ser mais eficientes.
 
José Roberto Aragão é diretor de tecnologia da Velip.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/